Instagram

Era uma vez... Bailarina


Aposto que de todas as blogueiras do mundo, eu sou a mais indecisa. Seja na cor do cabelo, na roupa, maquiagem, e principalmente na dança que quero fazer. Decidi empurrar a escola de dança até o início do ano que vem, por causa das viagens e das férias de natal. Tinha dito em um post anterior que pretendia começar no jazz pra não me machucar, mas vamos combinar, o ballet é realmente apaixonante. Em menos de três dias mudei totalmente todos os meus conceitos sobre a dança, e vi nela uma nova forma de enxergar o mundo

Nunca tinha visto o ballet com esses olhos, descobri que não se trata só de uma modalidade de dança, mas sim de um mundo inteiro, uma nova forma de ver a vida, outro modo de viver. Li vários textos, acompanhei várias páginas, vi vários videos e tive certeza absoluta de que era aquilo ali que eu queria dali pra frente. Tutus, sapatilhas, dores, machucados, espetáculos, aplausos, aulas, festivais, mais aulas... Nunca tinha me encontrado tanto como me encontrei no ballet, que conseguiu fazer uma conexão comigo mesma bem mais forte do que a dança de rua, o que é impressionante. 

Passei um tempo procurando por vídeos, espetáculos, fotos, textos, passos, e consegui absorver algumas coisas básicas pra toda bailarina, desde o que levar na bolsa até os cuidados com as sapatilhas de ponta (que tenho esperança de um dia usar). 


Depois que você se envolve na coisa, fica difícil tirar da cabeça. Já pensei mil e uma vezes em correr até a escola e assistir as aulas, apenas para sentir a emoção de estar ali, com aquelas pessoas. Muitos me disseram que tenho futuro como muitas coisas, mas botei na minha cabeça que daqui pra frente eu vou focar no ballet. Mesmo que essa não seja a profissão que eu desejo exercer no futuro (infelizmente o ballet não é tão valorizado aqui no Brasil), quero aproveitar o quanto eu puder desse mundo, e quem sabe daqui a uns anos, isso se torne muito mais que um hobbie

Pretendo falar mais sobre o ballet aqui no blog, mas vou tentar não limitar o assunto só a isso, mas prometo que o ballet vai estar bem mais presente nas páginas do que eu imaginava. Vou narrar cada pedacinho que eu puder das minhas aulas e vou compartilhar com todos essa minha nova paixão. 

Poder compartilhar com todos cada pedacinho dessa vida é uma oportunidade incrível, pois poucos blogs sobre ballet são tão pessoais a ponto de se transformarem em um mini-filme da vida de uma bailarina. Beijinhos amoras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog da Beca - 2016. Programação por : Beautée Store. Tecnologia do Blogger. Subindo... imagem-logo