Instagram

Aquela merda que você nunca vai esquecer

Tá, esse é um texto totalmente sem sentido por que, pela primeira vez eu vou por os meus sentimentos em forma de palavras, se tratando desse assunto. Eu tinha uma amiga e oh fuck, ela era a minha melhor amiga ever. Perdi a conta de quantas brigas nós tivemos, de quanto nós nos odiamos, mas a nossa amizade era assim, eu não vivia sem ela, só não sabia se pra ela era o mesmo. E pelo que eu vejo agora, parece que não. 

Confesso que a saudade foi passando, mas eu ainda sinto vontade de conversar o dia inteiro com outra garota que me entenda, alguém que realmente me conhece pelo que eu sou, aquela garota sonhadora e toda boba que ainda acredita ser uma princesa. Por que eu estou escrevendo isso? Não sei, talvez tenha tido uma epifania maluca e só percebido agora o quanto eu sinto falta das minhas amizades antigas, e do quanto eu queria a Joice, a Isis, a Ani, a Juliana e o Diego de volta. Por incrível que pareça eu nunca conheci nenhum deles, e o maior contato que eu tive foram madrugadas em claro no skype. Eu também sinto falta do Matheus, que me ajudou nos melhores e piores momentos, do Diego que foi o meu primeiro melhor amigo, da Juliana que sempre esteve do meu lado, da Ani que ouvia as minhas loucuras e me puxava para as maiores aventuras de todo o org, das minhas conversas íntimas com a Isis que acabaram por uma burrice da minha parte (um dos meus maiores arrependimentos), e da Joice, que apesar de trocarmos algumas palavras vez ou outra, ainda me faz sentir saudade.

Tem também aquelas amizades reais que por benção do senhor Jesus, eu ainda consegui manter. A Lyvia que me acompanha desde os meus 8 anos de idade, quando ainda brincávamos de Polly o dia inteiro, a Esther que sofreu altos bullyings comigo na quarta série, e até mesmo os amigos novos daqui do Rio, que ultimamente andam meio decepcionados comigo, mas eu to numa fase tão conturbada da minha vida que não tenho cabeça pra resolver certos problemas, afinal, se eu me estressar de mais, vou parar no hospital.

Enfim, quem me inspirou a escrever esse desabafo foi uma amiga muito querida que talvez leia isso aqui agora, ou talvez não. De qualquer forma, ela vai saber que é ela só pelo fato de : eu te contei que queria ouvir o live de Radioactive em um momento especial, e eu espero, do fundo do coração que você se lembre de qual era. Eu sinto a sua falta, sinto muito a sua falta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog da Beca - 2016. Programação por : Beautée Store. Tecnologia do Blogger. Subindo... imagem-logo