Instagram

Como você passa o seu tempo?

Esse daqui é mais um post pessoal, então se preparem para a historinha de vida. Muitas pessoas passam o dia inteiro no computador, outras leem, outras dormem, são milhares de alternativas possíveis e cada uma delas varia do gosto da pessoa. Tenho orgulho de dizer que passei por muitas coisas antes de chegar no ballet, vamos conferir?

Fiz ballet desde que eu era bem pequena, ainda na baby class e como já cheguei a comentar com vocês, eu odiava. Acho que não vou limitar esse parágrafo só ao ballet, por que como eu sempre costumei dançar em todos os eventos da escola, passei um tempo me dedicando a isso. Apesar de serem atividades praticadas somente na escola, isso tomava um pequeno tempo da minha vida, e tirando as aulas de ballet, eu adoraaaaaaaava dançar.

Acho que toda criança já fez natação uma vez na vida né? Eu devo ter feito por um ano, um ano e meio, não faço a minima ideia de qual foi o tempo, mas só fui aprender a nadar MESMO nos fds que passava no piscinão do meu tio. Ainda sou aquele tipo de nadadora que mergulha com o dedo tampando o nariz, e nada muito mal debaixo d'água, ou seja : só rendo no cachorrinho.

É meio difícil acreditarem que você fez basquete quando se tem 1,50 de altura, mas foi isso que aconteceu. Não devo ter durado nem seis meses e tinha 9 anos, acredite se quiser, eu era uma das mais altas da minha turma. Até que eu jogava bem, mas sempre fui muito frouxa pra dor, e voltava todo dia pra casa com o corpo dolorido, resultado? Tchau poliesportivo.

Quem me olha normalmente pensa que eu faço o tipo de garota metida, mas acredite se quiser, tão inacreditável quanto o basquete, eu já fui escoteira! Tá bom, durei um mês no negócio e não cheguei a ganhar nenhum distintivo, mas me obrigaram a enfiar a cara na farinha e eu fiz sem reclamar (mentira)! Durei dois meses no máximo, pelo menos ganhei experiência.

Outra coisa que me limita só a escola é o teatro. Já que o professor diz que eu tenho futuro, faço sem reclamar. Fiz minha primeira peça no mês passado, atuando como uma das vendedoras de uma propaganda no meio da nossa versão mais que improvisada do cidade alerta, consegui fazer a plateia rir mesmo tento esquecido a fala no meio do palco, mas né, acontece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog da Beca - 2016. Programação por : Beautée Store. Tecnologia do Blogger. Subindo... imagem-logo