Instagram

Vamos conversar sobre beleza?

Oi gente, tudo bem com vocês? Eu estou bem, mas conheço algumas pessoas que não estão tão bem assim. No início da adolescência é comum muitas meninas e meninos terem alguns problemas em se aceitarem, com a estima lá em baixo, e isso fica ainda pior quando botam na cabeça que aquela pessoa bonita é daquele jeito e ponto, a vida fez dela bonita e nada no mundo vai mudar isso. Tá Beca, mas o que você quer dizer com isso? Quero dizer pessoal, que até mesmo aquela garota com milhões de seguidores no instagram acorda um dia mal humorada, com uma espinha no rosto e com o cabelo bagunçado. 

Beleza é uma coisa única e muito subjetiva, criar um padrão de beleza na nossa cabeça não é certo, porque temos diferenças muito grandes entre as nossas culturas, dentro e fora do nosso Brasil. Quero voltar mais uma vez aqui aquela velha conversa de que a minha vida não se resume ao meu feed do instagram. 

Não é porque eu só posto fotos minhas bonitas lá, que eu sou assim 24 horas por dia, gravem isso na cabeça de vocês. 

Nós temos essa mania péssima de achar que a beleza é uma coisa inalcançável, pelo menos eu me sentia assim e conheço algumas meninas mais novas que também se sentem assim. Quero deixar bem claro aqui que você não deve se odiar só por não ter o seu peso ideal, ou por não ter nascido com olho azul. Sabe aquela menina que tá sempre com a pele perfeita nas fotos do instagram? Então, ela usa facetune, ou qualquer outro aplicativo para tirar imperfeições no rosto.

Não quero julgar quem faz uso desse tipo de aplicativo, até porque eu não me importo em disfarçar aquelas espinhas inconvenientes que acabam saindo nas minhas fotos, mas quero dizer que ninguém é perfeito, que todos nós temos defeitos e que todos nós podemos mudar isso. Nós somos livres para sermos quem quisermos e usarmos o que quisermos, o fato de não nascermos com os olhos azuis e usarmos lentes dessa cor não nos torna melhor ou pior do que alguém, tratar espinhas, alisar o cabelo, nada disso tira a nossa credibilidade, de jeito nenhum. 

Sou totalmente contra essas pessoas que não defendem esse tipo de liberdade, pessoas que querem impor como devemos nos vestir, o tipo de cabelo usar. Então se você é cacheada e acha o seu cabelo maravilhoso, alisa. Se você é gordinha e quer emagrecer, então se joga na dieta e academia! Se o seu problema são as espinhas, temos no mercado vários produtos que ajudam a combater, assim como dermatologistas maravilhosos! Nós temos que ser mais compreensivos com esses tipos de mudanças, principalmente quando são feitas por pessoas que não somos nós, então não rola de chamar de falsa aquela ruiva maravilhosa, só porque ela pinta o cabelo, tá? 

Não sei se me expliquei bem, mas essa era a mensagem que eu queria passar, beijinhos pessoal!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog da Beca - 2016. Programação por : Beautée Store. Tecnologia do Blogger. Subindo... imagem-logo